top of page
Buscar
  • Foto do escritorÁgua na Caixa®

Tá, mas afinal, o que é ser carbono neutro?

Atualizado: 24 de jan. de 2023



Já ouviu falar sobre o Acordo de Paris? Esse compromisso global foi assinado em 2015, durante a 21ª Conferência das Partes (COP21), com uma principal meta: limitar o aquecimento do planeta a 1,5°C, através da redução das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE).


O dióxido de carbono (CO2), por exemplo, é um desses gases, sendo considerado um dos principais responsáveis pelo aquecimento global. A queima de combustíveis fósseis, desmatamentos e queimadas são algumas das fontes que geram sua alta concentração na atmosfera.


Nesse tratado, o Brasil se comprometeu a reduzir as emissões de Gases de Efeito Estufa em 37% em 2025, em relação aos níveis de 2005, e 43% até 2030. Já em 2021, na COP26, o governo brasileiro se comprometeu a reduzir emissões de carbono em 50% até 2050.


Entretanto, em 2021, o país registrou a maior emissão de CO2 desde 2005 2,42 bilhões de toneladas brutas de CO2, de acordo com dados do Sistema de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa (SEEG), do Observatório do Clima.


Quer saber ainda mais sobre o Acordo de Paris? Leia a tradução feita pelo Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) aqui.


Para atingir a neutralidade do carbono, o caminho natural é reduzir a nossa pegada de carbono, ou seja, reduzir nossas emissões de GEE. Nesse ponto, todos podemos — e precisamos — agir. É uma questão de sobrevivência.


Enquanto empresa, demos o nosso primeiro passo nesse desafio. Somos a primeira água mineral carbono neutro do Brasil.


Você sabia? A pegada de carbono de uma das nossas caixinhas, considerando seu ciclo de vida, é equivalente a 0,08 kgCO2e. Ou seja, é três vezes menor do que a de uma garrafa de plástico convencional.

Mas, afinal, o que é ser carbono neutro?


Ser carbono neutro não é deixar de emitir C02 (o que é impossível), mas reduzir e compensar sua emissão e de outros Gases de Efeito Estufa (GEE) até atingir sua neutralidade.


Por aqui, para além da nossa embalagem reutilizável e 88% renovável (feita quase só de plantas), calculamos nossa pegada de carbono, incluindo todos os Gases de Efeito Estufa emitidos, em parceria com a Way Carbon, empresa referência em sustentabilidade e mudanças globais do clima.


Entre outubro de 2021 e outubro de 2022, compensamos as emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) referentes à pegada de carbono de todas as caixinhas de água de 500 mL com a parceria do Programa Amigo do Clima. Ao total, foram compensadas 77 tCO2e através do cancelamento voluntário de créditos de carbono no âmbito do Verified Carbon Standard (VCS), com investimento para o projeto de Redução do Desmatamento e da Degradação Florestal (REDD) - Pará.





38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page